7 de agosto de 2014

Resenha: Ranaway


Esse mangá pode não ser considerado o melhor quando fala-se da arte,  mas assim que li não pude deixar de pensar em compartilhar aqui, principalmente por ser um comic brasileiro que merece uma chance
Primeiramente, gostaria que vocês aceitassem esse mangá de braços abertos e que mesmo não tendo romance (sim, por enquanto não há sinais de ser uma estória cheia de amorzinho e a fim), pelas páginas lançada dá pra notar que será uma quadrinho repleto de comédia, drama e, claro, muita música. 



 Sinopse: O dia que, supostamente, seria o melhor da vida de Jenifer, uma violinista de dezoito anos de idade, acaba por se tornar o inicio da mais louca aventura na vida da garota. Ao chegar na universidade de musica Renard, considerada a melhor do país, ela descobre que seu nome apenas havia aparecido na lista de aprovados por engano. Ainda abalada pela noticia, ela conhece a excêntrica guitarrista Rana, que viaja de cidade em cidade de moto, se preparando para competir no Sounds of Dreams Festival, um grande festival de rock. Jenifer, sem saber o que fazer ao ver seus planos para o futuro arruinados, pede para acompanhar a garota em suas viagens. Esse é o começo da grande jornada de duas garotas que, mesmo sendo aparentemente tão diferentes, compartilham a mesma paixão. 
Status: Mangá em Andamento.
Autores: Natália Bellieny e Raphael Cardoso.
Não posso nem falar muito, pois a sinopse já diz bastante, mas na minha opinião é uma história bem interessante, daquelas que você lê para o passar o tempo, para se divertir e descontrair. Vou logo dizendo que não sou muito fã de quadrinhos brasileiros, mas não posso negar que me interessei pela história e pela arte diferenciada. Por um momento, até pensei que era um mangá mesmo. Tanto que fiquei confusa no começo, pois li na forma oriental, sendo que ele se lê normal, da direita pra esquerda.  Cuidado com a burra!

Para dar um gostinho para vocês, aqui está as primeiras páginas do prólogo:
(Não sei se é graças ao fato da minha pessoa adorar um yuri/shoujo-ai, mas achei elas bem shipaveis rs.)
E não estou estou sendo paga para divulgar, okay?

ATT: Os links para ler estão inativos, é possível somente acessar a página oficial do quadrinho.
Logo volto com resenha de outros mangás, dessa vez shoujo, então me aguardem, amorecos.
Beijos, Laura u3u.


Mangás Shoujo Brasil Online ~

Reação de quem só ficou sabendo do MSB Online agora.

Olá pessoas, eu vim falar sobre o MSB [O], que pra quem não sabe é o nosso blog onde é postado mangás online pra vocês, pra ir lá é só clicar aqui. Voltando, eu sei que muuuitos mangás estão parados e então gostaria que vocês dissessem aqui nos comentários qual mangá para que eu possa procurar e atualizar o dito mangá, lembrando que nem todos tem capítulos disponíveis, pois acontece de algumas scans abandorem alguns projetos sadly.
Então, por favor, me ajudem, dessa maneira o blog não ficará parado. Além de comentar aqui vocês podem falar também no ask, basta clicar aqui!
Aviso dado, então beeijos e até logo >3<
Laura.

O que é Fanfic? É de comer ?


Sobre o assunto do post:

Ta, eu sei que aqui é um blog de Mangás, sei que eu deveria estar fazendo resenha de mangá, mas minha falta de vergonha na cara não deixa eu pensei em falar algo diferente, para dar uma variada. Além de que, mesmo que meio mundo conheça as tais fanfics, eu sei que ainda tem uma pessoa ou outra que não conhece, então eu como uma pessoa boa e caridosa vou explicar tudo (ou ao menos tentar) sobre Fanfic, ou fic. Whatever.

"Fanfic é a abreviação do termo em inglês fan fiction, ou seja, "ficção criada por fãs", mas que também pode ser chamada do Fic. Trata-se de contos ou romances escritos por terceiros, não fazendo parte do enredo oficial dos animes, séries, mangás, livros, filmes ou história em quadrinhos a que faz referência, ou uma história inventada por eles." - Lispector, Wikipedia.
Eu to muito palhaça, chega.


Bem, Fanfics simplesmente são histórias feitas por fãs que podem ou não ter relação com a historia original em que se baseia. Tipo, eu posso escrever sobre a Misaki e Usui (Kaichou Wa Maid Sama) em que os dois se casam tem dois filhos e um cachorro. Ou seja, fanfic é uma forma do fã reinventar ou continuar a história da forma que quiser. Outro exemplo, já imaginou ver aquela protagonista fofinha, mas que na história é uma assassina, ou sei lá o que? É possível sim encontrar fanfics desse tipo ou de outro, graças as diversas categorias que existem, para não deixar tudo na mesmice. Alguns dos gêneros são:

  • Shoujo, esse nem precisa explicar né ? o romance. 
  • Cross over, onde se misturam universos/personagens/fandoms diferentes, exemplo: Fairy Tail e One Piece.
  • Drabble (100 palavras) e Double Drabble (200 palavras) são as fanfics pequenas, bem pequenas. 
  • Yuri, romance homossexual entre mulheres e sua versão adulta (+18, sexo explicito) é chamada de Orange.
  • Yaoi, romance homossexual entre homens e sua versão adulta (+18, sexo explicito) é chamada de Lemon.
  • Fluffy, romance mais açucarado.
  • MPREG, Male Pregnant que traduzindo fica "Homem Grávido", ou seja, lá os homens tem suas relações e ficam grávidos. Chocante, não é?
  • Threesome, onde há relações sexuais entre três pessoas.
  • Shotacon, onde há relações sexuais com homem/mulher mais velho com um menino.
  • Lolicon,  mesma coisa de shotacon, mas as relações são com uma menina.
  • Hentai, onde há relações sexuais explicitas de héteros.
  • Darkfic, onde tem cenas depressivas, situações angustiantes e atmosferas sombrias.
  • Songfic, quando a fanfic segue acompanhada com letras de músicas, como se fosse uma trilha sonora.

Outras características importantes, são: 
  • OC ou Personagem Original, é quando o autor cria um personagem.
  • POV, point of view que quer dizer ponto de vista, que indica quem narra. 
  • Shortfic, fanfics com poucos capítulos.
  • Longfic, fanfics longas que podem ser como Sagas que passam de 20 capitulos. 
  • Oneshot, fanfic composta por apenas um capitulo.
Reação de algumas pessoas depois de tanto conhecimento
 
Depois dessa """aula""" que dei aposto que qualquer um que ler esse post, vai sair manjando das fanfics. Entretanto, esse é só o básico, caso queiram se aprofundar ainda mais, tem um site com vários termos e siglas, basta clicar aqui para acessar.
Mas ainda tem mais, como sou a melhor pessoa do mundo, ainda irei dizer três sites que recomendo para ler, pois foi lá que comecei. E quando começa, não dá para parar, é um caminho sem volta. Então, assuma os riscos e leia abaixo do aviso:
> > > Perigo < < <

 

Os sites são: Fanfiction, Nyah Fanfiction e Socialspirit. O primeiro site é em inglês, mas tem várias fanfics em português e elas (pelo menos as que eu li) são ótimas *3*. E em qualquer dos três sites, vocês podem ler ou postar suas histórias.
Enfim, espero que tenham gostado e que se divirtam nesse novo mundo. Aliás, eu também escrevo fanfics, se quiser dá uma passada no perfil clica aqui, mas cuidado, afinal vocês que me conhecem sabem que não sou muito normal

Beeijos, prometo que vou parar de enrolar e fazer resenha logo eu acho rs.  
Laura >3<
Theme por Erica Pires © 2011 - 2012 | Powered by Blogger | Todos os direitos reservados | Melhor Visualizado no Google Chrome | Topo